Diferentes tipos de olhares

Conheça os 12 hábitos que ajudam a cuidar da saúde dos olhos

Os cuidados físicos são necessários para manutenção da saúde, muitos recorrem a exercícios matinais e tratamentos estéticos para se cuidar, porém deixamos de lado partes importantes que são essenciais para nossa vida.

A saúde dos olhos é fundamental, entretanto, torna-se muito negligenciada, pois só nos consultamos com um oftalmologista quando surge algum problema.

Entre 1990 e 2015,  os casos de cegueira no mundo aumentaram de 30,6 milhões para 36 milhões, consequentemente, o número de portadores de algum tipo de deficiência visual, de moderada a grave, passou pelo significativo crescimento de 36%. 

Atualmente, 217 milhões de pessoas no mundo inteiro se encontram em situação parecida – e a previsão é de que, até 2050, esse índice chegue a triplicar.

Mas como podemos cuidar da saúde dos olhos – e o mais importante, tentar garantir que não vamos nos tornar parte dessas estatísticas?

  • Não exponha a vista diretamente ao sol – na praia ou na piscina, vá de óculos escuros;
  • Só use colírios sob prescrição e orientação médica;
  • Não coce os olhos nem leve as mãos a eles sem uma boa higiene antes;
  • Pare de fumar – cigarro afeta até a circulação na retina.

Resumindo, quais são os cuidados recomendados pelos especialistas?

Cuidados e Hábitos essenciais para a Saúde dos Olhos

Para ter uma visão saudável é importante tomar alguns cuidados com a higiene dos olhos, tendo ciência de determinadas atitudes que possam prevenir danos à visão.

Cultivar alguns hábitos será eficiente para manter a saúde desses órgãos tão sensíveis, porém que estão sempre expostos ao contato natural, físico ou cosmético.

Segundo os dados da Organização Mundial de Saúde, cerca de 50 milhões de brasileiros sofrem algum tipo de distúrbios de visão. Deste número, 60% dos casos são de cegueira e deficiência visual. Porém, se fossem tratados com antecedência, poderiam ter sido evitados.

Em função disso, selecionamos algumas dicas capazes de prevenir e evitar outros problemas oculares.

1 – Evite coçar os olhos

O hábito instintivo e prejudicial de esfregar com frequência a região dos olhos pode resultar em problemas oculares, a estrutura é muito frágil e a pressão exercida na área pode provocar lesões e doenças mais graves. As mãos têm impurezas e podem levar bactérias para os olhos, desenvolvendo uma conjuntivite bacteriana, ou até causar ferimentos radicais. Se a sensação de coceira persistir, procure um oftalmologista para verificar a causa.

2- Maquiagens e seus cuidados

Dormir sem remover os produtos de beleza dos olhos pode irritar e até mesmo inflamar a área ocular. Usar cosméticos fora da validade, ou de terceiros, também pode causar consequências ruins à saúde dos olhos. Procure usar produtos antialérgicos e sem conservantes. Após o término do uso dos pinceis e escovas de maquiagem, lave-os para evitar a proliferação de bactérias nos mesmos. Observe sempre o prazo de validade de cada produto.

3 – Dose o nível de açúcar em sua rotina

O excesso de glicose no sangue não é apenas perigoso para a saúde do corpo, mas também pode causar problemas à visão principalmente aos portadores de diabetes, sendo eles do tipo 1 ou 2.

O alto consumo do açúcar pode agravar ainda mais o problema, provocando uma retinopatia diabética.

Esta doença é silenciosa e o único sintoma é de vista embaçada, entretanto, não causa dor nenhuma ao portador, por outro lado, pode provocar hemorragia interna e até mesmo uma cegueira reversível.

4 – Pare de fumar!

Cientistas afirmam que o consumo do cigarro está associado a alguns problemas de visão, como degeneração macular, catarata e danos no nervo óptico. Esse último é capaz de causar cegueira irreversível ao fumante. Se você já tentou parar de fumar e não conseguiu, eis um bom motivo para largar o tabagismo.

5- Pratique atividades físicas

A inclusão de exercícios é importante para a saúde do corpo e, também, dos olhos. Estar acima do peso, somado a uma má alimentação, impede as vitaminas que previnem os prejuízos celulares de chegar, em quantidade suficiente, aos olhos causando danos à visão. É muito importante praticar algum tipo de esporte ou exercício físico.

6 – Lave bem os olhos!

Pelo menos uma vez por dia, dedique um tempo para higienizar a área em volta deles, como as pálpebras, os cílios e os cantos, removendo as impurezas e secreções secas para evitar coceira incômoda capaz de causar irritação ou até mesmo uma conjuntivite indesejada.

O ideal é limpar ao redor dos olhos com hastes flexíveis, essas usadas para limpeza dos ouvidos (cotonete), umedecidas com creme de limpeza apropriado para esta região. Na hora do banho, o enxágue seguido de massagens leves na parte exterior das vistas também são aconselháveis.

7 – Pisque mais os olhos

Com frequência, esse comportamento instintivo lubrifica as córneas, evita o ressecamento dos olhos e tantos outros problemas que comprometem a visão, como coceira e irritações mais sérias. Pisque mais, faça pausas repetidas quando estiver concentrado em um ponto fixo ou diante de um computador. Vai ajudar a descansar a vista e auxiliar no combate da chamada síndrome da visão de computador (do termo inglês CVC).

8 – Tenha bastante cuidado com as lentes de contato

Antes e depois de usá-las, lave bem as mãos e higienize as lentes com produtos sugeridos pelo fabricante. Também é recomendável que o usuário siga as instruções atentamente para melhor execução do contrato. A limpeza do estojo é essencial e deve estar em dia, antes de repor o objeto no local. Lembre-se, é importante a substituição das lentes de acordo com o prazo de validade para evitar riscos de infecções.

9 – Coma mais peixe

Este alimento preserva a saúde dos olhos, diminuindo problemas ópticos como a degeneração macular, doença capaz de causar cegueira irreversível. O peixe é um alimento rico em ômega 3 e contém vitaminas A, B, D e E, que são essenciais para a nossa  saúde. Quando ingerido, distribui bastante oxigênio para todo o corpo, inclusive para os olhos, combatendo o envelhecimento precoce nas estruturas oculares e fortalecendo o globo ocular, proporcionando uma visão mais clara.

10 Use de forma adequada o computador e/ou celular

Quando você passa muito tempo em frente à tela do computador ou atento ao celular, tende a abrir mais os olhos e a piscar menos, o que pode causar uma diminuição na lubrficação do globo ocular, essencial para a saúde dos olhos.

Para evitar problemas oftalmológicos decorrentes desta prática, procure piscar com maior frequência e faça pausas de pelo menos 20 segundos a cada 20 minutos que passar olhando para a tela.

Também é importante manter o monitor a uma distância de 50 centímetros e, se for o caso, usar um colírio recomendado pelo seu oftalmologista. Procure ajustar corretamente as configurações da tela, principalmente no que diz respeito ao brilho, para que ela não fique clara demais.

11 – Proteja seus olhos do Sol

É importante que você saiba que usar óculos de sol não é apenas uma questão de gosto pessoal ou estilo.

Se escolhidos adequadamente, eles podem ajudar a proteger a retina das radiações solares e de uma série de problemas de visão, inclusive da catarata. Na hora de comprar seus óculos, atenção! Verifique se o modelo possui um selo de qualidade garantindo que suas lentes protegem a visão adequadamente contra os raios ultravioletas.

Um erro bem comum é acreditar que os óculos só são necessários no verão. Durante o inverno os olhos também estão sujeitos à exposição aos raios ultravioletas.

12 – Atenção para a mais importante!

Antes de qualquer atitude é fundamental estar em dia com a consulta ao oftalmologista. Recebendo o diagnóstico dos sintomas com o especialista, afim de prevenir futuros problemas, este cuidado é necessário para manter a saúde dos olhos. Quanto mais rápido o tratamento for feito, caso necessário, melhor será o resultado. Agende regularmente uma consulta para realizar exames preventivos.

Seguindo essas dicas fica bem mais fácil manter a saúde dos olhos.

Fonte: Revista SAUDE ABRIL e CBO (Conselho Brasileiro de Oftalmologia)

Ricardo João Mezzarane

Médico do Trabalho/Perito Judicial

CRM 87.834 / RQE 23.698

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.