Bem-estar e produtividade: funcionários felizes geram mais lucros para a empresa

O objetivo geral de toda empresa é gerar lucros e, nesse sentido, a relação entre bem-estar e produtividade das equipes deve ser considerada. Isso porque, na corrida pela competitividade, o capital humano é um dos principais recursos.

Sem um time engajado, produtivo e motivado, é quase impossível alcançar os resultados esperados. Portanto, investir na saúde dos colaboradores é requisito para aumentar a satisfação dos profissionais com a empresa e, consequentemente, a produtividade das equipes. Confira o nosso post e entenda essa relação.

Importância de se preocupar com a saúde e o bem-estar dos colaboradores

Bem-estar e produtividade estão intimamente relacionados. Profissionais que se sentem bem, estão com a saúde em dia e gostam do ambiente de trabalho tendem a ser mais dedicados, presentes e engajados.

Dito isso, é importante que a empresa tenha uma cultura que respeite e invista em melhorias para a saúde física e mental dos times, afinal, toda atividade traz um risco — seja para a saúde física, seja para a saúde mental. Zelar pela qualidade de vida e pela integridade do ativo humano de uma organização minimiza problemas como sobrecarga mental ou acidentes de trabalho.

Desse modo, colaboradores que se sentem seguros dentro do ambiente corporativo e sabem que a empresa está cuidando para que desempenhem suas funções em segurança trabalham mais felizes e tranquilos.

Como uma equipe saudável pode gerar mais lucro para as empresas

Para que uma empresa possa ser lucrativa, ela deve ser produtiva. Investir na saúde corporativa pode ser a chave para compor um ambiente saudável e de valorização de profissionais — elementos cruciais na corrida pela produtividade.

Ao implementar programas de controle de saúde, riscos e redução do estresse, a tendência é que os colaboradores faltem menos e fiquem mais satisfeitos com o trabalho. Por isso, empresas que adotam boas práticas em gestão de saúde corporativa sofrem menos com o absenteísmo e até mesmo o turnover.

Boas práticas em gestão de saúde e bem-estar que podem ser adotadas

Empresas que desejam aumentar a produtividade dos seus times devem olhar com atenção para a saúde dos colaboradores. Cada atividade desempenhada no ambiente de trabalho tem um impacto sobre a saúde. Os líderes devem estar atentos ao comportamento dos profissionais, além de assegurar o cumprimento das Normas Regulamentadoras e cuidar da ergonomia.

A política de benefícios e incentivos também merece atenção especial. Todo profissional espera que a empresa conceda o plano de saúde como parte da remuneração. Na hora de escolher o convênio ideal, é importante considerar o perfil dos colaboradores.

Veja mais sugestões para que a gestão de saúde de sua empresa seja eficiente:

  • contar com uma equipe responsável pela gestão de saúde da empresa;
  • estimular hábitos saudáveis por meio de benefícios como convênios com academias e clínicas de nutrição;
  • investir em campanhas preventivas e educacionais sobre questões que possam afetar a saúde dos colaboradores;
  • ter uma cultura interna que valorize a saúde mental dos trabalhadores.

Bem-estar e produtividade são frutos de uma cultura interna que respeita e valoriza os profissionais. É quase uma fórmula matemática: trabalhadores saudáveis e felizes com seus empregos produzem mais.

Gostou das nossas dicas e quer ter acesso a outros conteúdos como este? Assine a newsletter e receba as atualizações!

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.